Juba Supermercado valoriza a mulher e a vida

Além dos inúmeros empreendimentos, gerando centenas de empregos diretos e indiretos, a valorização da mulher, tem sido uma das principais metas estabelecidas pelo maior conglomerado supermercadista de Cáceres. Dos 500 “colaboradores” das três lojas do Juba Supermercados, na cidade, 260 são mulheres. Uma demonstração inconteste, não apenas da valorização, mas, sobretudo, de investimento no bem estar social.

“A mulher é mais sensível, e, na maioria dos fatores mais produtivas que os homens. Não existe essa de sexo frágil. Estou certo de que oportunizar trabalho às mulheres é, sem dúvida, proporcionar investimentos garantidos” enfatiza Mirko Ribeiro, um dos diretores do grupo.

Outro aspecto relevante à ser destacado pelo grupo, é a valorização da vida. Enquanto a maioria das empresas, ao tomar conhecimento, demite a funcionária em período de gestação, no Juba Supermercados, acontece exatamente o contrário: as colaboradoras recebem todo o tratamento e assistência adequados. “Respeitar as mulheres nesse período não é favor algum. Mas sim, proporcionar a garantia dos seus direitos, enquanto aguarda pela nova vida que espera” ressalta.

A valorização e a garantia dos direitos por parte da emprega, permite um ambiente digno e acolhedor, o que resulta em maior produtividade. No Juba a mulher tem um papel fundamental, por assegurar mão de obra especializada e consciente. O supermercado é uma empresa que carrega essa nova geração de pensamento trazendo essa convicção de construção de uma sociedade polivalente que exige qualidade e produtividade com respeito e igualdade social. A empresa entende que o jeito feminino combina com respeito e boa produtividade. Isso faz do Juba um mercado totalmente moderno e inteligente.

Por: Expressão Notícias

-