Switch off

A migração do sinal analógico para o digital é mais um passo no desenvolvimento da televisão, mas o grande desafio para as emissoras é o declinante número de telespectadores

Em poucos dias nós, curitibanos, estaremos presenciando os momentos finais de um sistema de transmissão que durante décadas esteve presente em nossos lares. Em 31 de janeiro ocorrerá o chamado “switch off”, jargão técnico utilizado para marcar o desligamento do sinal analógico de televisão transmitido na capital e região metropolitana. Certamente, não foi tarefa simples chegar a este ponto, uma vez que houve necessidade de planejamento detalhado e grandes investimentos no novo sistema. Com intensiva, eficaz e bem-humorada propaganda as emissoras, desde o ano passado, têm alertado a população sobre tal mudança. Em princípio, adotadas as recomendações técnicas necessárias, não se corre o risco de não receber o sinal em nossos monitores, uma vez que a tevê digital já se encontra entre nós desde 2008.